Faculdade de Engenharia Mecânica

Nossa visão é ser referência em ensino e pesquisa nas áreas ligadas à tecnologia e ciências mecânicas.

ptenes

 

 

Apresentação

O Programa de Pós-Graduação em Planejamento de Sistemas Energéticos é oferecido nos níveis de Mestrado (M) e Doutorado (D) e faz parte dos cursos ofertados pelo Departamento de Energia da Faculdade de Engenharia Mecânica da Universidade Estadual de Campinas.

O curso recebe candidatos de diversos estados brasileiros e países latino-americanos. Ambos os programas são reconhecidos e credenciados pela CAPES. O curso tem cotas de bolsas de estudos tanto da CAPES quanto do CNPQ. Vários alunos são também apoiados por bolsas de estudos através de projetos de seus respectivos orientadores.

Histórico e Contextualização do Programa

O Programa de Pós-Graduação em Planejamento de Sistemas Energéticos tem seu Curso de Mestrado reconhecido desde 1988 e seu Curso de Doutorado reconhecido desde 1993. No Brasil, foi o segundo Programa de Pós com foco em energia. Mais de 300 trabalhos foram concluídos desde então, sendo aproximadamente 200 mestrados, e mais de 110 doutorados. O Programa oferece aos seus alunos sólida formação multidisciplinar, para que atuem em uma área que requer conhecimentos e metodologias interdisciplinares (energia). Seus alunos são profissionais com distintas formações (engenheiros, economistas, cientistas sociais, advogados, biólogos, físicos e meteorologistas). Os egressos do Programa atuam, principalmente, em empresas energéticas, consultorias, instituições de ensino e pesquisa, agências de regulação e nos mercados financeiro e de derivativos.

Objetivos do Programa

O principal objetivo do Programa é promover a formação interdisciplinar dos seus alunos para a adequada abordagem dos problemas típicos do setor energético. A característica interdisciplinar de seus cursos de mestrado e de doutorado requer a contribuição de profissionais de diversas áreas do conhecimento, que atuam de forma integrada, proporcionando aos discentes uma visão ampla e coerente dos problemas energéticos.

A sólida formação interdisciplinar dos discentes é o objetivo final, objetivo esse que tem sido buscado continuamente. O Programa tem como meta a abordagem dos problemas energéticos sob uma visão abrangente, incluindo as dimensões (1) tecnológica, (2) econômica (tanto em nível micro quanto macro) e financeira, sob a ótica (3) social, (4) política, regulatória e institucional, e, também, (5) ambiental. O foco e a abordagem metodológica dos trabalhos de pesquisa visam aproveitar a formação original dos participantes do programa; assim, buscam-se contribuições para os problemas relacionados com a produção, a conversão e a utilização de energia. Em particular, a relação energia-meio ambiente é analisada em todas as etapas da cadeia energética (nas etapas de produção, conversão e utilização de energia). 

 

 

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.